Zine Pasárgada
foi um Fanzine cultural e educacional que se propôs divulgar os mais diversos tipos de expressões artísticas e os mais variados assuntos.

O jornal Pasárgada teve 3 edições impressas e distribuídas na cidade de Piracicaba/SP e está guardado, junto com outras idéias, no limbo da falta de tempo e dinheiro.

O blog retomou a proposta do Zine e abriu espaço para diversidade de idéias e de expressões.

Hoje o blog acompanha o jornal e as atividades estão encerradas.

Foi uma grande satisfação ser um dos amigos do Rei.

Fábio

sábado, 18 de junho de 2011

A leitura de quarta, e de todos os outros dias!

Boa noite, amigos do Rei!
A partir da próxima semana estarei escrevendo por aqui nas quartas, dividindo o espaço com o Tabuh (@tabuh). Como eu estava um pouco solta no calendário, resolvi estabeler esse dia, até para que possa me programar melhor.
Bom, quando fui convidada para escrever no blog, a "saúde" foi um dos temas sugeridos. Mas como todos vocês já devem ter percebido, já escrevi sobre vários assuntos. Na verdade gosto de escrever aquilo que é emergente, ou uma situação que acabei de passar, o que torna minha postagem mais "real" para mim.
Um dos temas que também gosto de escrever é sobre livros (como já fiz na postagem Sem Vestígios), assim como o colega Rodrigo. Em algum momento, trarei aqui indicações ou comentários de livros para vocês, tanto livros que abordam a Psicologia quanto outras áreas.



E como gosto de escrever sobre as coisas que mais me tocam durante a semana, e como também toquei no assunto dos livros, vou descrever aqui a satisfação que é adquirir um livro.
Imagino que todos aqui são amantes não só da escrita, como também da leitura. Não há nada mais enriquecedor do que uma boa leitura. Através dela adquirimos conhecimento, sabedoria, instigamos nossa imaginação, e melhoramos também nossa escrita e nos tornamos (muitas vezes) mais eloquentes.
Entrar numa livraria (que foi o que me aconteceu nessa semana, por isso a postagem), para mim, é como brilhar nos olhos todo o reflexo das belíssimas capas que estão nas prateleiras. Sempre tenho a ansiedade de não saber qual escolher, ou querer todos ao mesmo tempo.
Talvez um pouco diferente de algumas pessoas, que se satisfazem com os livros da biblioteca (a qual é indispensável) eu gosto de tê-los para mim, e deixá-los todos ao meu alcance, para que a informação seja sempre alcançada ou relembrada num simples folhear de páginas.
Gosto de sentir o cheiro, de sentir a espessura e admirar as ilustrações.

Muitos colegas aqui já nos deram boas dicas de livros ou de como ter acesso à eles, como nosso amigo Fábio na postagem Terça-Feira: véspera do Futebol - 3 onde nos indicou o site da Estante Virtual, um site onde podemos encontrar acervos de sebos pelo Brasil.
Hoje em dia temos acesso à leitura por muitos meios, mas quis compartilhar com vocês aqui hoje a paixão por livros, que muitas vezes alguns dividem comigo.
Então, além do tema "saúde" o qual me sinto muito bem em escrever, pois é uma das áreas que muito me interessa, também estarei trazendo estas dicas.

O título se refere "a leitura de quarta" pois será este dia que estarei com vocês daqui pra frente, e também "a leitura de todos os dias" pois me referi a leitura das postagens de todos os outros colegas que aqui escrevem durante a semana. Ou também à todas as outras leituras que nos estão disponíveis todos os dias.
Penso que, só através do conhecimento é que poderemos sair de uma condição passiva que infelizmente nos é imposta, e os livros são meios fundamentais para chegarmos até ele.

Abç... Patrícia. (Blog | Twitter )

Um comentário:

Rodrigo Almeida disse...

Boa Patrícia!
Partilho do mesmo pensamento..."só através do conhecimento é que poderemos sair de uma condição passiva que infelizmente nos é imposta, e os livros são meios fundamentais para chegarmos até ele"...E concluo: A nossa revolução é silenciosa!