Zine Pasárgada
foi um Fanzine cultural e educacional que se propôs divulgar os mais diversos tipos de expressões artísticas e os mais variados assuntos.

O jornal Pasárgada teve 3 edições impressas e distribuídas na cidade de Piracicaba/SP e está guardado, junto com outras idéias, no limbo da falta de tempo e dinheiro.

O blog retomou a proposta do Zine e abriu espaço para diversidade de idéias e de expressões.

Hoje o blog acompanha o jornal e as atividades estão encerradas.

Foi uma grande satisfação ser um dos amigos do Rei.

Fábio

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Contado por Contardo

Hoje estou aqui, apesar da febre que me domina e a dor de garganta que não me deixa, para indicar a leitura de um querido (a qual sou suspeitíssima em dizer) psicanalista e escritor chamado Contardo Calligaris.
Meu primeiro contato com sua obra, foi por indicação de um professor de Psicanálise com o livro "Cartas a um jovem terapeuta", desde então, me apaixonei.


Contardo Calligaris nasceu em 1948 em Milão, é um psicanalista italiano, radicado no Brasil. Doutor em Psicologia Clínica pela Universida da Provença (França), professor de Antropologia na Universidade da Califórnia em Berkeley  (Estados Unidos) e de Estudos culturais na  New School of New York, e colunista do jornal Folha de S. Paulo desde 1999.
A escrita de Contardo é de fácil entendimento, sempre passando as informações e opiniões de uma maneira que se torna acessível à todos que a leem. Ele sempre disse que uma escrita para ser boa e reconhecida por sua qualidade não precisa ser complexa, o que não permite a leitura das massas.
Sua coluna na Folha de São Paulo é publicada todas as quintas e o escritor aborda todos os assuntos que tocam a atualidade.
Contardo vive no Rio e constantemente participa de programas televisivos, onde também trasmite seus conhecimentos (confira aqui o dia em que participou do programa Roda Viva, em 08/11/2010).

O psicanalista continua com uma vida dividida entre Itália, Brasil e Estados Unidos. Isso para nós é um bônus, pois Contardo faz uma interligação com as culturas, ou simplesmente a discussão de suas características peculiares, trazendo essa miscigenação que também o completa.
Calligaris é prático, direto e conhecedor. É totalmente contemporâneo e não se prende nessa ou naquela teoria. Sinto que ele faz a sua, e é por isso que gosto tanto dele e do modo como se expressa.

Conheça os livros de Contardo:
  • Hipotese sobre o fantasma (Atmed, 1986)
  • Introdução a uma Clinica Diferencial das Psicoses (Artmed, 1989)
  • Cronicas do Individualismo Cotidiano (Ática, 1996)
  • Hello Brasil (Escuta, 2000 [6ª ed.])
  • A Adolescência (coleção: "Folha Explica", Publifolha, 2001)
  • Terra de Ninguém (Publifolha)
  • IIha Deserta (Publifolha, 2003)
  • Cartas a um jovem terapeuta (Alegro, 2004)
  • Conto do Amor (Companhia das Letras, 2008)
  • Quinta Coluna (Publifolha, coletânea de textos publicados no jornal Folha de São Paulo, no caderno Ilustrada)
  • Nolzinha
  • A Mulher de Vermelho e Branco (Companhia das Letras, 2011)
Vocês também podem conferir o seu twitter, onde ele frequentemente publica fragmentos de suas colunas na Folha e compartilha links de Blogs que reproduzem essas publicações, para quem não tem acesso ao jornal. Ou entrar em contato pelo seu e-mail público, onde ele responde rapidamente e gentilmente (digo isso com plena certeza, pois já fui respondida por ele!).

Fica a dica!
E mais uma curiosidade: o modo de concluir minhas publicações eu, assumidamente, copiei da maneira em que ele termina seus capítulos em "Cartas a um Jovem Terapeuta". Sou, defivinitamente, mega fã dele.
Abç... Patrícia ( Blog | Twitter )

Um comentário:

Rodrigo Almeida disse...

Vida boa essa do Contardo. Escrever e viajar!!! Um dia nós chegamos lá!!!
Valeu pela dica Patrícia. Vou ver se encontro algum e-book dele