Zine Pasárgada
foi um Fanzine cultural e educacional que se propôs divulgar os mais diversos tipos de expressões artísticas e os mais variados assuntos.

O jornal Pasárgada teve 3 edições impressas e distribuídas na cidade de Piracicaba/SP e está guardado, junto com outras idéias, no limbo da falta de tempo e dinheiro.

O blog retomou a proposta do Zine e abriu espaço para diversidade de idéias e de expressões.

Hoje o blog acompanha o jornal e as atividades estão encerradas.

Foi uma grande satisfação ser um dos amigos do Rei.

Fábio

quinta-feira, 16 de junho de 2011

A ESPERA DE UM MILAGRE - 1999

The Green Mile (br / pt: À espera de um milagre) é um filme estadunidense de 1999, do gênero drama, dirigido e roteirizado por Frank Darabont e baseado no livro homônimo de Stephen King, lançado em 1996.

Sinopse:
Ambientado em 1935, no corredor da morte de uma prisão da Louisiana, conta a história da relação entre Paul Edgecomb, o chefe de guarda da prisão, e um de seus prisioneiros, John Coffey.

Coffey é um homem negro de grandes proporções, condenado à morte pelo assassinato de duas garotas brancas. Aos poucos, desenvolve-se entre Edgecombe e Coffey uma relação incomum, baseada na descoberta de que o prisioneiro possui um dom mágico que é, ao mesmo tempo, misterioso e milagroso. O guarda se debate em um conflito moral entre o cumprimento do dever e a consciência de que o homem que ele deverá matar pode não ser o culpado de um crime tão brutal.

A história é contada em flashback por Edgecombe, durante sua velhice em um asilo. Além da relação com Coffey, Edgecomb relata as histórias de outros guardas e condenados.

Elenco:
Tom Hanks .... Paul Edgecomb
Michael Clarke Duncan .... John Coffey
David Morse .... Brutus "Brutal" Howell
Bonnie Hunt .... Jan Edgecomb
James Cromwell .... Warden Hal Moores
Michael Jeter .... Eduard Delacroix
Graham Greene .... Arlen Bitterbuck
Doug Hutchison .... Percy Wetmore
Sam Rockwell .... 'Wild Bill' Wharton
Patricia Clarkson .... Melinda Moores

Principais prêmios e indicações:

Oscar 2000 (EUA)
Indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Michael Clarke Duncan), Melhor Som e Melhor Roteiro Adaptado.

Globo de Ouro 2000 (EUA)
Indicado na categoria de Melhor Ator Coadjuvante (Michael CLarke Duncan).

Prêmio Saturno 2000 (EUA)
Venceu nas categorias de Melhor Filme de Ação / Aventura / Suspense, Melhor Ator Coadjuvante (Michael Clarke Duncan) e Melhor Atriz Coadjuvante (Patricia Clarkson).

Indicado nas categorias de Melhor Diretor e Melhor Música.

Academia Japonesa de Cinema 2001 (Japão)
Indicado na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Prêmio PFS 2000 (Political Film Society, EUA)
Venceu na categoria Direitos Humanos.

Curiosidades:
  • Apesar de durar três horas, teve uma arrecadação de mais de 130 milhões de dólares, apenas nos EUA.

  • Trinta ratinhos se revezaram em cena para interpretar o ratinho Mr. Jingles.
 NOTA DO BAÚ: Esse é aquele tipo de filme que você não pode deixar de assistir pelo menos umas duas vezes na vida. As vezes você pode se perguntar o porque nós do Baú, sempre apresentamos com otimismo e empolgação os filmes que aqui indicamos. A resposta é simples, estamos indicando os filmes que em nossa opinião são merecedores de sua atenção e feitos para sua diversão. Quem sabe, e porque não, também para nossa reflexão. Não poderíamos e nem iremos esquecer de destacar a excelente qualidade de interpretação dos atores, é um filme de 188 minutos, mas você nem vai sentir o tempo passar.
Se ficou interessado, pode ir a sua locadora de confiança mais próxima e locar o filme. Boa diversão e não esqueçam a PIPOCA.

Eu apareço às quintas por aqui. =)

3 comentários:

Ju Villacorta disse...

Tava SUPER esperando a indicação de hoje.

Esse filme foi o que mais me fez chorar, justamente por ser um dos mais especiais que já vi na vida.

Excelente indicação! Até a próxima quinta! o/

Thiago dos Santos disse...

Ju, também adoro o filme, sempre que posso assisto ele... E também foi um dos melhores que já vi na vida!

Beijão!

Fábio disse...

TRINTA RATINHOS?! Oo
meldels!

ahahahaha


Boa Thiagão.