Zine Pasárgada
foi um Fanzine cultural e educacional que se propôs divulgar os mais diversos tipos de expressões artísticas e os mais variados assuntos.

O jornal Pasárgada teve 3 edições impressas e distribuídas na cidade de Piracicaba/SP e está guardado, junto com outras idéias, no limbo da falta de tempo e dinheiro.

O blog retomou a proposta do Zine e abriu espaço para diversidade de idéias e de expressões.

Hoje o blog acompanha o jornal e as atividades estão encerradas.

Foi uma grande satisfação ser um dos amigos do Rei.

Fábio

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Farrokh Bulsara

Incontestavelmente, o melhor vocalista que já ouvi.

5 de setembro de 1946, o mundo dava boas vindas àquele que seria um dos maiores vocalistas de sua história. Freddie Mercury, parabéns pelos 65 anos.
Nascido em Zanzibar, local onde hoje pertence a Tanzânia, filho de indianos, estudou numa escola inglesa perto de Mumbai. Em 1964, uma revolução na sua terra natal fez ele e seus pais se mudarem para a Inglaterra. Formou-se Design Gráfico e Artístico.
Mas tudo começou quando conheceu a banda Smile, através de seu baixista, Tim Staffel. A banda contava com Roger Taylor e Brian May. Em 1970 Tim saiu, e a Smile virou Queen.
Nesse ano ele conheceu Mary Austin, sua namorada (é, namoradA). Ele dizia que ela era o grande amor da sua vida. Revelou-se bissexual (até seu pai dizia que, quando tratava de homem, o Freddie curtia o estilo caminhoneiro mesmo, grosso), o que, infelizmente, acabou chamando mais atenção do que devia. Como a aids causou sua morte, isso é frequentemente associado ao homossexualismo.
Mas o que interessa mesmo é que ele cantava. E muito. Gravou um disco com a cantora lírica Montserrat Cabelle, intitulado "Barcelona", que incluía sucessos como How Can I Go On e Barcelona.
Com o Queen, deu exemplo do que era capaz nas músicas Bohemian Rhapsody e Love Of My Life, música que fez para Mary.
Freddie Mercury morreu dia 24 de novembro de 1991. Mas o melhor de tudo, seu legado, é eterno. Clichê, mas verdadeiro.

Discografia solo:

1988 - Barcelona

Discografia no Queen:

1973 - Queen I
1974 - Queen II
1974 - Sheer Heart Attack
1975 - A night at the opera
1976 - A day at the races
1977 - News of the world
1978 - Jazz
1979 - The Game
1980 - Flash Gordon
1981 - Hot space
1983 - The works
1986 - A Kind Of Magic
1989 - The Miracle
1991 - Innuendo

*A Night At The Opera é o segundo melhor disco do mundo.
*Tão bom quanto ele, só o Robert Plant.


@proparoxitono


Um comentário:

Fábio disse...

Ele trollar a estúpida da Glória Maria foi uma das coisas mais divertidas da história da Globo...

Aliás, demonstrou ser um cavalheiro...eu já teria mandado ela a merda! Fácil.