Zine Pasárgada
foi um Fanzine cultural e educacional que se propôs divulgar os mais diversos tipos de expressões artísticas e os mais variados assuntos.

O jornal Pasárgada teve 3 edições impressas e distribuídas na cidade de Piracicaba/SP e está guardado, junto com outras idéias, no limbo da falta de tempo e dinheiro.

O blog retomou a proposta do Zine e abriu espaço para diversidade de idéias e de expressões.

Hoje o blog acompanha o jornal e as atividades estão encerradas.

Foi uma grande satisfação ser um dos amigos do Rei.

Fábio

domingo, 30 de setembro de 2007

Pasárgada 2

O segundo número de Pasárgada estará em circulação a partir desta semana.

Os pontos de distribuição serão listados aqui no blog.

Vidinha

por Júlia Bicudo

domingo, 16 de setembro de 2007

Matemática no Ensino Fundamental

O que é fundamental aprender?

Em muitas escolas hoje, a matemática continua sendo um bicho de sete cabeças. Regras e técnicas operatórias, bem como um vocabulário muito específico são apresentados muito cedo às crianças, ocupando o lugar que poderia e deveria ser dedicado ao desenvolvimento do raciocínio, ao levantamento de hipóteses, troca de idéias, negociações e debates em sala de aula.

Para somar ou subtrair números com dois ou mais algarismos, por exemplo, é ensinado às crianças as regras do “vai 1” e “empresta 1”, que, sem poder compreende-las, cometem vários tipos de erro, demonstrando que seu esforço mental concentra-se muito mais em tentar lembrar cada passo da técnica, do que em buscar uma solução coerente para o problema. Muitas considerações poderiam ser feitas aqui, mas o que queremos marcar é que a grande maioria das crianças que erra numa situação como essa, o faz porque raciocina e está buscando compreender algo. Além disso, quando têm permissão de “fazer a conta na cabeça”, ou seja, de criar procedimentos próprios de resolução, elas acertam!

As crianças chegam à escola com um potencial enorme de raciocínio, curiosas e sedentas por conhecer, investigar e aprender com seus professores e colegas. Conforme a escola vai impondo-lhes técnicas e fórmulas matemáticas inquestionáveis, essa curiosidade investigativa vai cedendo lugar àquilo que muitos chamam de “preguiça mental”. A obediência cega às regras sociais leva o estudante a desistir e desacreditar de si próprio.

Cabe aos educadores desenvolver esse potencial, sejam eles pais ou professores. Se tivermos como objetivo maior, a formação de cidadãos, ou seja, de indivíduos autônomos, coerentes, criativos e críticos, que tenham opinião própria e respeitem seus pares, é preciso encorajá-los a expressar-se e a pensar sobre o que fazem, dentro e fora das aulas de matemática.

Marta Rabioglio

Ludov - CD Paralelo

"Aquele agora-ou-nunca ficou para trás", canta Vanessa na faixa "Sobrenatural" do novo álbum do Ludov. De fato, Ludov está de volta, mas sem o sentimento de urgência ou de ansiedade que caracteriza tantas bandas, que não têm nada além de um belo clipe a oferecer.
O Disco Paralelo é um novo caminho, uma nova possibilidade, dentre várias abertas com garra por essa banda, que já provou o que precisava provar e já mostrou que sabe o que faz.
Mas não, não vamos dizer que eles estão mais "maduros", que horror! Estão apenas mais livres. Depois de anos cantando juntos, passando por diversas bandas e diversas encarnações, Vanessa Krongold (vocal), Mauro Motoki (guitarra, teclado), Habacuque Lima (guitarra, baixo) e Paulo Chapolin (bateria), já sabem o que querem, como fazer, e não poderiam deixar de ser autênticos, mesmo que não quisessem.
"Não somos uma família feliz, somos uma família", explica Mauro. E como toda família, criam, contornam e conquistam juntos; sabem que a alternativa mais difí¬cil seria a separação. Assim, depois da saí¬da do antigo baixista, Eduardo Filomeno, que foi estudar no exterior, a banda aproveitou para tornar seu trabalho mais enxuto, se assumir como um quarteto e trabalhar mais profundamente o potencial de cada um de seus membros.
"Somos uma banda de quatro lí¬deres. Não é uma democracia. A coisa não funciona por voto, os quatro precisam concordar com o que se faz", acrescenta Mauro. No Disco Paralelo tudo parece estar de acordo, casadinho, bem-resolvido. Totalmente Ludov, para os fãs de Ludov. Totalmente novo, para quem espera novidade. Uma banda de músicos, para quem entende de música. Uma banda de rock, para quem não precisa entender.
Abrem o disco à toda, com "Ciência", um pop desafiador que mostra ao mesmo tempo entusiasmo e segurança e dá bem o tom do disco. Na música seguinte a letra deixa claro, "essa cidade não conhecerá meu fim", Ludov marca sua presença. Há faixas mais lentas e tensas, como "Conversas em Lata", e mesmo lisérgicas, como "Delírio", em que Mauro assume com propriedade os vocais. Faixas como "A Espera" e "Urbana" reafirmam o estilo Ludov de mudar de andamento durante a música, com energia e inventividade. E não faltam as candidatas a hits, como "Rubi" e "Refúgio". No final, temos um álbum completo, com tudo o que um bom disco precisa.
E para mim, pessoalmente, é com grande alegria que recebo este novo trabalho, como amigo e fã, que há mais de dez anos conheceu um japonês que mandava muito na guitarra. Um outro sujeito que, além da guitarra, mandava ver na poesia. E uma ruiva (ok, ela já foi ruiva) com a voz mais bela da minha geração. Fica claro para mim porque continuei ouvindo, torcendo, gostando.
E agora? Agora Vanessa canta: "o meu agora é daqui pra frente."

Santiago Nazarian

sábado, 8 de setembro de 2007

Jornal de Piracicaba

Hoje (08/09) o Zine Pasárgada foi destaque no Jornal de Piracicaba.

A entrevista apresenta a proposta do fanzine e foi realizada pela jornalista Marcela Benvegnu, do caderno de Cultura.

A edição de sábado já está em circulação!

Distribuição (final)

Pasárgada é um Fanzine com distribuição gratuita e você pode retirar o exemplar nº 1 nos seguintes lugares (novos pontos de distribuição):

A.M. Jornais e Revistas (novo ponto);
Apeoesp - Sindicato dos Professores;
Biblioteca Municipal;
Bola Branca Esportes (novo ponto);
Bufett Dondelli;
Café das Artes;
Café Real - Restaurante;
Cópias & Cia.
CPU - Lan House;
Criss Café (novo ponto);
Distrito do Xerox (novo ponto);
EBS Papelaria (novo ponto);
Enfermap;
EP3 - Instrumentos Musicais;
Escola Coopep;
Escritório Político do Dep. Roberto Felício;
Eskritórios Papelaria;
Euro Data;
Fanáticos - A loja do Torcedor (novo ponto);
Feras Games;
Frans Café;
Grafitt - Cursos de Desenho;
Hot Point - centro;
Laser Express;
Libral;
Livraria Exótica;
Livraria "Para Ler";
Livraria Nobel - shopping;
Livraria Nobel - centro;
Logo By Fogo - Designer;
Magno Arte;
Mega Mil Vídeo;
Monte Alegre Turismo;
Mr. Games;
Passarela Sports;
Poli Brasil - rua Alferes;
Rubens Stulzer - Web Designer
Sebão Livraria;
Sebo Popular;
Self - Idiomas (novo ponto);
Vivace - Instrumentos Musicais;

IMPORTANTE: O Zine Pasárgada está em fase final de distribuição e alguns pontos já não dispõe exemplares. A tiragem de 1.500 unidades está toda em circulação!

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Circulação


A primeira edição de Pasárgada já está com seus 1.500 exemplares em circulação e segunda edição está em produção!